• Feliz Ano Novo... de novo!

      Por Edson Carlos

      Inicia-se uma contagem regressiva, normalmente de dez a zero, e ao final os fogos começam a clarear a céu. Familiares e amigos se abraçam, as garrafas de champanhe são abertas, e os votos de felicidades se multiplicam. Você deve estar se perguntando “ficou louco? Estamos no meio do ano e ele falando sobre réveillon? ”

      Na verdade, o que quero tratar não é sobre o instante da virada do ano em si, mas do que vem imediatamente a seguir. A grande maioria das pessoas, logo após os cumprimentos de feliz ano novo, têm um momento todo próprio de planos e promessas. Você deve ter tido este momento também. Foi quando prometeu que seria um ano cheio de realizações, que iria mudar de vida, estudar mais, trabalhar, entrar em forma, juntar dinheiro para a viagem dos sonhos, pagar as dívidas, realizar aquele projeto etc.

      Pois então... metade do ano já se foi. E agora a pergunta sou em que te faço: você já alcançou ao menos parte da realização de suas promessas? Está mais próximo ou a mesma distância de seus sonhos?


      Se você já atingiu ou superou os objetivos a que se propôs buscar, parabéns! Se ainda não o fez, mas está no caminho, ótimo! Mas se ainda não deu nem o primeiro passo em direção a eles, o momento tem que ser agora.


      Para quem não saiu do zero ainda, este vai ser aquele momento das justificativas: a crise atrapalhou, outras obrigações surgiram, não consegui quem me acompanhasse etc. etc. etc. Milhões de desculpas que são usadas para “justificar” não ter feito nada – e já estamos no meio do ano – para realizar as promessas do início do ano. Não por acaso, a quase totalidade dessas justificativas apresentam a influência do mundo sobre as ações pessoais. A culpa não é minha, a culpa é do contexto sócio-político-econômico-cultural mundial.

      Só que temos um pequeno problema aí: os sonhos não são do mundo, os sonhos são seus. Então não o mundo que tem que ter compromisso com a realização dos seus sonhos, é você.


      Ficar arrumando desculpas para não fazer o que já deveria ter sido feito é uma forma de se iludir. Você é quem deve tomar a rédeas de sua vida e fazer acontecer. Dar o primeiro passo agora. Se ficar esperando uma melhor conjuntura ou um cenário mais favorável, você não vai andar nunca, porque sempre vai surgir uma justificativa para não fazer.

      Você não precisa esperar um ano novo para começar. O dia primeiro de janeiro é como todos os outros dias do ano, com uma noite e um dia formados de 24 horas. Por isso, para quem já realizou as promessas deste ano, faça novas agora; para quem ainda não realizou, comece ou recomece hoje. Faça que seu “feliz ano novo” seja a cada dia. Vamos lá!?

      Precisa de mais informações sobre:
      Feliz Ano Novo... de novo!

      Fale Conosco

      Gostei, quero compartilhar com meus amigos!

Fale ConoscoAssunto: Feliz Ano Novo... de novo!

Feliz Ano Novo... de novo!
  • CresceCoaching e Consultoria Empresarial

    • (82) 98876-3283 Edson WhatsApp
    • (82) 99610-5970 Roberta
    • contato@suaempresacresce.com.br
    • Av. Dr. Antonio Gomes de Barros, 929 - Jatiúca
    • Maceió/AL


Cresce - Maceió/AL
Desenvolvido por 3tags © 2018 - Plataforma iSites.ws
X
Precisa de ajuda?
--->