• Crise, por que me tomas?

      Por Edson Sá

      Vivemos tempos de crise. Crise econômica, crise política, crise social, crise na saúde, crise moral etc. etc. etc. Até crise no futebol – e olha que já fomos considerados o país deste esporte; bons tempos! Alguns especialistas (ou não) declaram que nunca tivemos uma crise tão grande. Mentira! Somos o país da crise, e assim o fomos por todos os tempos.

      A história do Brasil, desde 1500, é contada através das crises. Desde que me lembro, quando criei consciência sobre a sociedade, todos os anos temos uma nova crise na nação. Um ano são as finanças, outro a política, em seguida a aviação, a energia, a água, o petróleo, e de novo as finanças, e o ciclo se repete, não na mesma ordem, mas sempre os mesmos temas. Sem esquecer, é claro, o mosquito.

      Vivemos uma eterna expectativa para saber qual é a próxima crise. Sabemos que ela virá, que será por muitos dita maior que todas as outras, o pessimismo mais uma vez tomará conta de parte da população e as previsões apocalípticas se proliferarão pela mídia, mas novamente superaremos.

      É claro que não será fácil. Nunca foi. As crises históricas, em sua maioria, foram vencidas através de lutas, batalhas e revoltas. Mártires nacionais deram suas vidas para acabar com as crises. Populações inteiras se juntaram na luta contra as crises, algumas vezes armadas. Uma ressalva aqui: de forma alguma estou defendendo aqui uma guerra entre cidadãos brasileiros, quero apenas mostrar que superar crises depende das ações das pessoas. Ações pacíficas!

      Conheço um bocado de pessoas que estão sentadas, “com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar” (salve Raul!), achando que a crise que se instalou se resolverá por ela mesma, que o governo tomará as melhores decisões e que logo tudo voltará ao normal. Mentira, de novo. Acredito no que pensa a outra parte, que temos que agir imediatamente.

      Já passou o momento de tomarmos as rédeas e sermos condutores de nossas vidas. Se existe mesmo uma crise que esteja nos afligindo, seja ela qual for, vamos lutar bravamente contra. Buscar soluções, criar novos objetivos, planejar, correr na frente. Se não puder ir sozinho, chamemos dois ou três e vamos juntos. O povo brasileiro, criativo por natureza, sempre encontra caminhos, não será diferente agora.

      E então, quem vem comigo?

      Precisa de mais informações sobre:
      Crise, por que me tomas?

      Fale Conosco

      Gostei, quero compartilhar com meus amigos!

Fale ConoscoAssunto: Crise, por que me tomas?

Crise, por que me tomas?
  • CresceCoaching e Consultoria Empresarial

    • (82) 98876-3283 Edson WhatsApp
    • (82) 99610-5970 Roberta
    • contato@suaempresacresce.com.br
    • Av. Dr. Antonio Gomes de Barros, 929 - Jatiúca
    • Maceió/AL


Cresce - Maceió/AL
Desenvolvido por 3tags © 2018 - Plataforma iSites.ws
X
Precisa de ajuda?
--->